terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

TRABALHANDO COM PROJETOS

A globalização, a Internet e o avanço científico e tecnológico impõem uma ampla reflexão sobre o relacionamento conhecedor/conhecimento envolvendo não apenas a natureza e quantidade das informações disponíveis mas, fundamentalmente, os processos de geração e a apropriação do conhecimento.Reconhecendo as limitações dos métodos tradicionais de ensino e da estrura curricular, ainda fundamentada em moldes fordistas, que não acompanham a rapidez das transformações sociais e considerando as revolucionárias contribuições das novas tecnologias da informação para a apropriação do conhecimento, tal reflexão levará, certamente, a uma mudança do eixo ensino-aprendizagem deslocando o aprendiz para o centro do processo. O aprendiz deve assumir a responsabilidade pela obtenção de seu próprio conhecimento.Como mudança de paradigma, algumas propostas devem ser consideradas: projetos de ensino (métodos de projetos), projetos de trabalho (aprendizagem por projetos), projetos-web (webquest), etc:Os Projetos de Trabalho (Entrevista com Hernández) permitem ao educador ultrapassar os limites do ensino por simples transmissão de conhecimentos, transferindo a responsabilidade do processo de construção do saber ao próprio aluno. É o aluno que assume o controle sobre sua aprendizagem, ao professor cabe a função de coordenar e articular a interação entre teoria e prática, entre o projeto político pedagógico da escola e a perspectiva desenhada pelo aluno. A aprendizagem por projetos é uma atualização do “método de projetos” formulado por William H. Kilpatrick (1918) a partir das idéias de John Dewey.“O termo Projeto tem sido quase uma palavra de ordem, no cotidiano escolar, porém, temos percebido que falta um pouco mais de reflexão a respeito dessa metodologia de trabalho. Propomos neste artigo refletir sobre este tema tão difundido sobre essa organização curricular na escola. Associando a idéia de mudança da postura didático-metodológica, pretendemos assim articular a idéia de escola ao nosso mundo globalizado, na tentativa de proporcionar aos educadores (e estudantes) essa colaboração que possa auxiliá-los a esclarecer um pouco mais sobre o assunto...Não há um consenso único sobre projeto como método de ensino ou como estratégia pedagógica. Este assunto, assim como todos os assuntos que partem dos conhecimentos das humanidades estão e estarão em constantes reflexões e construções, pois nós também estamos sendo construídos como sujeitos sociais e históricos a cada segundo...” A Banalização Do Termo “Projeto” No Cotidiano Escolar: Clarisse Massa e Andréia Massa"Com a difusão da transdisciplinaridade na Educação, o Método de Projetos vem se destacando como o que melhor responde aos requerimentos dessa visão. No entanto, o seu uso adequado requer um marco conceitual (re)significado pelo professor que adota tal método. Esse método divulgado no Brasil pela Escola Nova tem sido (re)interpretado e também utilizado por docentes que se pautam por outros referenciais, como, por exemplo, os da Pedagogia Crítica. Nesse ressurgimento do interesse por esse método, também se percebe a abordagem simplista que omite a teoria pedagógica que o acompanha, passando-se a direcioná-lo pelo senso comum o que leva à reprodução do sistema social." Pedagogia ou Método de Projetos? Akiko Santos“... Os professores que trabalham com projetos usando computador e propõem projetos para os alunos executarem estão praticando o ensino por projetos, uma forma equivocada de achar que estão trabalhando com projetos de aprendizagem. Quando um professor elabora um projeto para ser executado pelos alunos este não pode ser considerado dos alunos, mas, sim, do professor...A aprendizagem por projetos deve ser uma oportunidade para que os alunos possam pensar e julgar por si, desenvolvendo o pensamento, a autonomia e a criatividade..." Aprender por Projetos, Formar Educadores: Pedro Ferreira de Andrade: Apresentação (ppt) ... Texto completo“... Os projetos se constituem em planos de trabalho e em um conjunto de tarefas que podem proporcionar uma aprendizagem em tempo real e diversificada. Além de favorecer a construção da autonomia e da autodisciplina, o trabalho com projetos pode tornar o processo de aprendizagem mais dinâmico, significativo e interessante para o aprendiz, deixando de existir a imposição dos conteúdos de maneira autoritária. A partir da escolha de um tema, o aprendiz realiza pesquisas, investiga, registra dados, formula hipóteses, tornando-se sujeito do seu próprio conhecimento...” Pedagogia de Projetos: Jacqueline D. Simões“Os Projetos de Trabalho contribuem para uma (re)significação dos espaços de aprendizagem de tal forma que eles se voltem para a formação de sujeitos ativos, reflexivos, atuantes e participantes. (Hernandez, 1998)" Pedagogia de ProjetosOs projetos desenvolvidos pelos alunos na busca e construção do conhecimento pressupõem metodologias específicas: perguntas, observações, hipóteses, verificações experimentais e deduções para alcançar a solução dos problemas e dos questionamentos. Veja a postagem: método científicoWebQuestWebQuest é uma metodologia de pesquisa na Internet, voltada para o processo educacional, estimulando a pesquisa e o pensamento crítico.É um modelo extremamente simples e rico para dimensionar usos educacionais da Web."WebQuest é uma atividade de aprendizagem que aproveita a imensa riqueza de informações que, dia a dia, cresce na Web. O conceito criado por Bernie Dodge como proposta metodológica para usar a Internet de forma criativa define "Webquest" como uma atividade investigativa com informações provenientes da Internet". Consulte os sites abaixo para saber mais. O que é WebQuest?"Planejar / Formatar / Publicar: 1- Defina o tema. 2- Selecione as fontes de informação. 3- Delineie a Tarefa. 4- Estruture o Processo. 5- Escreva a Introdução. 6- Escreva a Conclusão. 7- Insira o conteúdo no gabarito. 8- Faça os acertos finais. 9- Publique a webquest". Como elaborar uma WebQuest?LINKS RELACIONADOS"Benjamin Bloom identificou seis diferentes graus de complexidade cognitiva que tem sido usados nas últimas quatro décadas para estimular e desenvolver estudantes na habilidade de pensar". Taxonomia dos objetivos educacionaisMetodologia da pesquisa científica: Nance Beyer Nardi: Como fazer pesquisa?”Por que escrever um relatório ou um resumo? O que considerar ao planejar um relatório ou um resumo? Como escrever um relatório? Como escrever um resumo? Lembrar de fazer... Lembrar de não fazer...”. Nance Beyer Nardi: Elaboração de relatórios e resumos científicos”Metodologia do Trabalho Científico. Diretrizes para elaboração de projetos de pesquisa, monografias, dissertações, teses.” Cassandra Ribeiro O. Silva, Dr.Eng.: Diretrizes para a elaboração de projetos de pesquisa

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

4.355 vagas para contratação de jovens aprendizes nos Correios

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT, com sede no Setor Bancário Norte - SBN, Quadra 1, Bloco "A", Brasília-DF, torna pública a realização de Processo Seletivo para o preenchimento de 4.355 vagas, para contratação especial de jovens aprendizes na formação de Auxiliar Administrativo.

O candidato contratado receberá salário mínimo-hora (R$ 282,50), Vale-transporte compartilhado de acordo com a legislação vigente, Vale-refeição ou alimentação compartilhado em 5%, Uniforme (camiseta), e atendimento médico-odontológico ambulatorial.

A jornada de aprendizagem será de 20 horas semanais, para contrato especial de aprendizagem de 24 meses consecutivos.

  • As inscrições poderão ser efetuadas no período de 8 a 26 de fevereiro de 2010, na Agências de Correios credenciadas em seu horário de funcionamento ou pelo site www.correios.com.br, no período das 0h00 do dia 8 até às 23h59 do dia 26 de fevereiro de 2010.
  • O pedido de isenção do valor da taxa de inscrição será possibilitado ao candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico, e for membro de família de baixa renda. O requerimento de Isenção e a documentação requisitada deverão ser encaminhados, no período de 8 a 12 de fevereiro de 2010, via sedex ou aviso de recebimento (AR), à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Departamento de Gestão de Pessoas, Gerência de Captação de Pessoas, SBN, Quadra 1, Bloco A, 15º andar, CEP-70.002-900.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 10,00.

O Concurso constará de Provas Objetivas de caráter classificatório e eliminatório.

  • As Provas Objetivas serão aplicadas em locais, data e horário que serão informados, com antecedência mínima de 30 dias, no site e nos jornais locais, após a contratação de empresa especializada, por licitação. A prova constará das disciplinas de Português, Matemática e Ciências e serão apresentadas, em um único caderno, sendo 20 questões para cada disciplina.

O prazo de validade será contado a partir do dia seguinte à publicação no Diário Oficial da União.

A seleção terá a validade de 3 meses, prorrogáveis por igual período.

texto extraído do site http://www.pciconcursos.com.br/noticias/4355-vagas-para-contratacao-de-jovens-aprendizes-nos-correios

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Uepa divulga listão dos aprovados nos Processos Seletivos 2010

O resultado dos Processos Seletivos 2010 da Universidade do Estado do Pará (Uepa) será divulgado na quarta-feira (13) nos campi da capital, no prédio da Reitoria e no site da instituição. O listão com os nomes dos aprovados no Processo Seletivo 2010 (Prosel) e no Processo Seletivo Seriado (Prise - Subprograma XI) será divulgado a partir de 9h, logo após entrevista coletiva com o Pró-reitor de Graduação, Ruy Guilherme Almeida, e a diretora de Acesso e Avaliação, Ionara Antunes Terra, na Reitoria.

Foram preenchidas todas as 2.536 vagas ofertadas, distribuídas entre os 19 cursos de graduação da universidade nas áreas de educação, saúde e tecnologia. As aulas começam no dia 8 de fevereiro.

Os calouros devem se matricular de 1º a 5 de fevereiro, nas secretarias acadêmicas dos centros onde estudarão e nos campi da Uepa no interior. O candidato aprovado que não comparecer para efetivar a matrícula no prazo estabelecido ou não apresentar a documentação necessária perderá a vaga, o que dará direito à universidade de convocar candidatos em segunda chamada (repescagem).

Empate - A pontuação final corresponde ao total de pontos das provas realizadas. A somatória máxima das três etapas é de 200 pontos. No caso de empate, os critérios previstos em edital para a classificação dos candidatos em cada curso foram: a) maior número de pontos na redação; b) maior número de pontos na 3ª etapa; c) maior número de pontos na 2ª etapa; d) maior número de pontos na prova da 1ª etapa, e candidato com maior idade.

Em 2009, mais de 67 mil candidatos se inscreveram nos Processos Seletivos 2010 da Uepa (Prise e Prosel). São quase sete mil a mais em relação a 2009, quando a instituição recebeu 60 mil inscrições. A novidade deste ano foi a oferta dos cursos de licenciatura em Filosofia, Geografia e Letras com habilitação em Língua Estrangeira, além do recém-adquirido campus de Castanhal, que terá turmas nos cursos de Engenharia de Produção e Licenciatura em Ciências Naturais, com habilitação em Física.

Ascom/Uepa